←  ↓  ↓   →

↓↓↓ Compartilhe com Amigos ↓↓↓

5.0/5.0 Stars

FINAL AVENIDA BRASIL RESUMO SEMANA SEGUNDA 08 TERÇA 09 QUARTA 10 QUINTA 11 SEXTA 12 SABADO 13 DE OUTUBRO DE 2012

Tufão arrasta Carminha para fora de casa. Max  é morto no Lixão. Cadinho some e Noêmia Também. Lucinda se entrega para a Polícia por ter matado o próprio filho.

SEGUNDA


Carminha (Adriana Esteves) tenta convencer a família de Tufão (Murilo Benício) de que as fotos dela com Max (Marcello Novaes) são mais uma armação de Nina (Débora Falabella), mas não tem mais jeito. Ela ainda tenta recorrer a Muricy (Eliane Giardini) e Ivana (Letícia Isnard), mas as duas também lhe viram as costas e engrossam o coro dos revoltados.
A família exige que Carminha confirme todas as suas armações, mas a megera não dá o braço a torcer, até que Tufão perde a cabeça. “Tu é uma vadia, prostituta, bandida, desgraçada! (...) Tu não leva nem mais um centavo dessa família. Vai sair dessa casa com uma mão na frente e outra atrás! Vai voltar a fazer a vida no calçadão ou no lixo que é o teu lugar, sua bandida”, humilha.
Sem ter a quem recorrer, Carminha tira a máscara e mostra quem realmente é. “Tu não queria a verdade, Tufão? Essa é a verdade! Eu gastei os melhores anos da minha vida enfiada nesse subúrbio de merda, aturando essa tua familiazinha cafona, de quinta!”, despeja a loira. Descontrolado, Tufão dá um tapa na cara da mulher. Muricy também demonstra sua ira por ter apoiado a nora e também senta a mão na cara de Carminha que chuta o pau da barraca. “Tá sabendo não, que a tua coroa tem um caso com o Leleco?”, conta para Adauto (Juliano Cazarré), que chocado corre para o quarto.
Depois dessa, Tufão arrasta Carminha para fora de casa. Com o circo pegando fogo a vizinhança se aglomera no portão da mansão para assistir a desgraça da rainha do Divino. “Essa mulher, a mãe de família exemplar do Divino, que queria se eleger pra lutar pelos direitos da família brasileira é uma tremenda de uma prostituta, entendeu? Uma bandida que me traiu esses anos todos, debaixo do meu teto!”, declara Tufão aos quatro ventos, antes de atirar Carminha na sarjeta.
Sem ter para onde ir Carminha pede abrigo na igreja. Padre Solano que já é seu cúmplice, deixa a megera ficar na igreja, mas a calmaria não dura muito tempo. Sabendo que ela está na igreja, agora é a vez de Muricy acertar as contas com a messalina. Ela vai até lá e exige que o padre expulse Carminha.
“Sabe quem é essa mulher que o senhor tá alimentando, padre Solano? É uma mulher que tinha dois amantes enquanto era casada com o meu filho! Que fez meu filho criar os filhos do amante esses anos todos sem saber de nada! Uma bandida que se auto-sequestrou pra arrancar mais dinheiro da gente! E como se não bastasse a safadeza toda, ainda tentou matar um dos amantes, afundando o barco dele! Vagabunda e assassina!”, acusa.
Cheia de si, Carminha manda Muricy ir embora, mas a sogra da megera não aceita o desaforo e arrasta a loira pelos cabelos para fora da igreja. A vizinhança se junta para assistir a cena e, derrota, Carminha vai embora xingando Deus e o mundo.


TERÇA

Depois de Cadinho (Alexandre Borges) sair para trabalhar muito bem arrumado, é a vez de Noêmia (Camila Morgado) deixar Alexia (Carolina Ferraz) e Verônica (Débora Bloch) encafifadas. Muito bem vestida, a ruiva sai de casa dizendo que vai pegar no batente e Alexia desconfia que os dois possam ter fugido juntos. Ela convence Verônica a tirar essa história a limpo e as duas correm para a barraquinha de crepe, mas chegando lá, nada de Noêmia. Depois do bafafá que rolou na mansão de Tufão (Murilo Benício), o Divino não comenta outra coisa e Monalisa (Heloísa Périssé) não pensa duas vezes antes de ir atrás de Carminha (Adriana Esteves) para um acerto de contas.

QUARTA



Lucinda (Vera Holtz) vai colecionar mais uma tragédia, em "Avenida Brasil". Na penúltima semana da trama, Max (Marcello Novaes) é morto no lixão e a catadora se incrimina pelo assassinato.
Antes da desgraça, o malandro, surtado, faz Carminha (Adriana Esteves), Nilo (José de Abreu) e Lucinda reféns de sua loucura. Na casa de sua mãe, ele aponta uma arma para os três. Em seu delírio, o malandro diz que esta família não deveria ter existido, mira a arma na amante de anos e pede que ela diga que o ama.


QUINTA


Por uma fresta, Picolé (João Fernandes) assiste à cena, vai atrás de Jorginho (Cauã Reymond), mas só encontra Nina (Débora Falabella) em casa. Destemida, a cozinheira parte para o aterro sanitário. Ao entrar lá, Max a prende também, amarrando-a junto a Carminha.
Enquanto isso, Jorginho consegue ser avisado de tudo e vai para o lixão. O jogador entra em pânico ao ver Max levando Nina para o quarto e avança no pai biológico. Os dois brigam violentamente, até que Nina pega a arma e ameaça seu algoz. "Se vinga de mim, salva todo mundo! Aperta esse gatilho, Rita! Faz a tua justiça, garota...", desafia o vilão. Nina rateia, ele toma a arma e põe na testa dela. Depois, pede que a mãe amarre Jorginho. A família Tufão e Janaína (Claudia Missura) vão para o lixão. Enlouquecido, Max atira de raspão em Lúcio (Emiliano D’Ávila) — que foi ajudar a vilã —, põe fogo na casa e sai com Nina.
Todos ouvem um tiro. Max dá uma pancada na cabeça da cozinheira com a arma. Ela apaga e, ao recobrar os sentidos, vê o vulto de Max ensanguentado. O malandro tem uma faca na mão e vai para cima de Nina, que pega uma enxada e investe contra o vilão. Só que ela leva de alguém uma pancada na cabeça, o que a faz apagar. Ao acordar, está caída ao lado do corpo de Max.


SEXTA



Quando a poeira começa a baixar, Nina acredita que ela pode ter matado o malandro. Só que Lucinda corre na delegacia e se acusa. "Eu vim aqui dar o meu depoimento! Nina não pode estar aí, porque ela é inocente! Ela não matou o Max! Quem matou o Max fui eu! Fui eu que matei o meu próprio filho!".



SÁBADO

AINDA NÃO DIVULGADO

VEJA TAMBÉM: CLIQUE ↓↓↓

☺☺☺

←  ↓  ↓   →